Final feliz

Será que quando acordamos no meio da noite com saudades ou pensando em alguém significa que esta pessoa também está pensando em nós? Será que enquanto choramos ela acorda com alguns beliscões que avisam: vai, acorda, ela está chamando por você?! Ou será que ela continua dormindo como se nada estivesse acontecendo. Nos filmes sempre que a mocinha chora ou sofre de saudades, lá está o galã do outro lado sofrendo também. Eu gostaria muito de acreditar que a vida é igual nos filmes. Pelo menos neste sentido. Eu gostaria de acreditar que enquanto eu sinto meu coração e meu corpo pedindo por um abraço, você também está do outro lado, na sua cama, acordada e pensando em mim. É muito bobo da minha parte querer isso, não é?

Por uma grande parte da minha vida eu assisti filmes românticos desejando muito um dia encontrar alguém que fizesse meu coração bater diferente. Alguém para eu pensar enquanto perdia o sono ou para sentir saudades e automaticamente mandar uma mensagem no meio da noite avisando. Por um longo tempo eu deitava, abraçava o travesseiro e imaginava que um dia ele seria a pessoa que ficaria do meu lado mexendo no meu cabelo e esperando eu pegar no sono. É meio clichê adolescente, eu sei.

Um dia esses sonhos se transformaram em realidade e eu soube que toda a espera havia acabado. Eu tive certeza que enquanto eu sentia saudades, ela automaticamente sentia a minha também. E eu sabia que o meu travesseiro não tinha mais a mesma função e toda a noite eu dormiria com meus cabelos sendo mexidos.  Eu era imensamente grata por isso, por poder ter tido a oportunidade de transformar meus sonhos adolescentes em realidade. Mas diferente dos filmes que sempre tem um final feliz, a vida não segue um roteiro e quase nem sempre existe este tal final feliz. Existe o final, mas boa parte dele não é feliz.

Mas acho que esta é a graça da vida, não seguir roteiros. Por mais que geralmente acabamos sofrendo ou passando boa parte do tempo querendo que as coisas sejam diferentes, é legal não saber como será o próximo dia. É legal acordar numa manhã normal e não fazer ideia do que pode acontecer no decorrer do dia. E é bem legal você ser surpreendido por algo que nunca imaginou acontecer. Boa parte das grandes histórias acontecem assim, sem planejamentos. É só questão de tempo para que nossa hora chegue e aquele dia normal se transforme em um dos dias mais felizes da nossa vida.

Então só nos resta esperar. Não pelo final feliz que os filmes românticos pregam, é sonhador demais querer isso. Mas sim esperar pelo feliz sem necessariamente ter um final.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: